Com amor…

Tempo de leitura: 1 minuto

Com amor, as lágrimas um dia cessam

Com amor, o sorriso volta outra vez para a alma

Com amor, um dia frio pode ser quentinho

Com amor, a tela branca ganha formas

Com amor, a respiração acalma

Com amor, o abraço conforta

Com amor, o olhar se encontra e se entende

Com amor, as bocas conversam sem som

Com amor, um entende o outro com o silêncio

Com amor, as feridas secam e criam casquinha

Com amor, o que ficou pra trás não importa

Com amor, o presente é urgente

Com amor, o futuro não assusta

Com amor, o perdão é sincero

Com amor, nada parece tão complicado

Com amor, é fácil ter fé

Com amor, as dificuldades são vencidas

Com amor, a gente enxerga beleza onde não tem

Com amor, o riso surge

Com amor, os fantasmas fogem

Com amor, enxergamos corações em todos os lugares

Com amor, a fera vira bela

Com amor, até a alma mais dura se transforma

Com amor, o medo se dissipa

Com amor, o equilíbrio volta para o lugar de onde nunca devia ter saído

Com amor, a gente só soma

Com amor, você tem tudo e eu também

Somos tão um do outro, que pouco importa se o que sentimos é certo ou errado

Eu sinto, e sei que tu sentes na mesma intensidade, e somente isto basta

No momento, não quero me preocupar com julgamentos alheios, muito menos planejar futuros absurdos, só quero um presente com você

Quero chegar cansada do trabalho e saber que você estará ali, sem me cobrar nada, apenas disposto a me dar o teu colo e me amparar de todo mal

Sei que algum dia, no meio de uma conversa qualquer, esses tais planejamentos em longo prazo irão aparecer, mas, será no tempo certo

E saberemos lidar com isto quando for a hora, pois será natural, exatamente como tudo sempre foi entre nós. E seremos nós, eu e tu, pra sempre.

 

Natália Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *